sábado, 23 de janeiro de 2016

CORAGEM E COERÊNCIA POLÍTICA




A população de Cabo Frio assiste a um “estranho fenômeno político" neste momento em que o governo Alair agoniza e revela toda a sua incompetência na gestão. Todos os partidos e políticos que apoiaram este governo na eleição de 2012 tem tido duas atitudes distintas:

Uns se calam e se escondem. Não saem nem as ruas para não ter que dar explicações à população. Apoiaram e agora se omitem !

Outros que também apoiaram durante 03 tristes e sombrios anos, de repente, viraram ferrenha oposição, comentando que tudo isso faz parte de um “atraso de 20 anos”.

Ué, não perceberam isso no início ?

A “miopia seletiva” destes cegou de propósito para não enxergar e participar das mesmas velhas práticas já repetidas por Alair em governos passados. Era uma tragédia anunciada.

De nossa parte, quero dizer que estamos no mesmo lugar que estávamos em 2008 e 2012, denunciando que tudo isso ia acontecer: na trincheira de luta oposta a estes embusteiros.

Tá lá, tudo gravado nas entrevistas, debates e programas eleitorais da campanha passada. Depois ainda nos acusam de “radicais”.

Pular do “barco” agora e trocar de partido num momento em que o governo está no bagaço é mole. Quero ver é ter coragem e coerência desde o início para se colocar contra todos estes desmandos.

O quadro é claro. Só se engana quem quer !!


Claudio Leitão é economista, professor de história e membro da executiva municipal do PSOL - RJ.

10 comentários :

  1. Cabo Frio a ilha da Hipocrisia!

    ResponderExcluir
  2. Vai firme Claudio Leitão seu nome tem crecido junto a muitas pessoas. Eu mesmo já vi muita gente falando isso. É dificil mas não impossivel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pretende ser candidato a vereador ou a prefeito?

      Excluir
    2. Serei candidato a prefeito, segundo decisão da executiva municipal.

      Excluir
    3. Estamos juntos! A pouca vergonha em Cabo Frio vai acabar.

      Excluir
  3. Queria realmente saber se o eleitor de cabo frio está percebendo o que está acontecendo e de que lado vai ficar.

    ResponderExcluir
  4. A incompetente gestão do alcaide é característica pessoal dele, pois quando o município nadava em dinheiro foram feitas obras desnecessárias (praça das águas), supérfluas (pintura de meio fios) e de má qualidade (saneamento básico).
    Saúde e educação foram relegadas a um plano de menor importância.
    O não pagamento de salários, fornecedores e prestadores de serviço impõe suspeição na exatidão e qualidade das contas do município, via de regra sonegadas e sem transparência.
    Não se governa com salários de professores, mas sim com austeridade e competência. É o que se espera, é o que se quer, é o que tem que ser feito.
    CESAR MONDAINI COUTINHO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este modelo de gestão AC/MM está definitivamente esgotado.

      Excluir