quinta-feira, 15 de outubro de 2015

NOTÍCIAIS, OPINIÕES E FATOS




* Precisamos criar aqui em Cabo Frio o prêmio "Cara de Pau da Indignação Seletiva". Tem que ter pelo menos três categorias:
1 - Indignação com a corrupção em Brasília, mas passividade e silêncio com a corrupção atual no município.
2 - Indignação com a corrupção em Cabo Frio, mas cumplicidade e omissão com a corrupção no Estado do Rio de Janeiro.
3 - Indignação com a corrupção no governo Alair, mas naturalidade e oportunismo cego com a corrupção existente no governo anterior de Marcos Mendes.

* Tem vários postulantes. Basta acompanhar as postagens dos indicados pelas redes sociais. Outras categorias podem ser sugeridas ao blog.

* Coerência e independência não são para qualquer um !!


* É impressionante este processo de indignação seletiva que toma conta das pessoas quando se manifestam contra a corrupção. Bradar e sair as ruas contra a corrupção em Brasília é mais fácil e não compromete ninguém. Parece que nos municípios não existem políticos corruptos, desvios e irregularidades com o dinheiro público, mesmo quando os mandatários possuem uma longa folha corrida de processos, pipocam casos suspeitos de licitações, contratos e obras superfaturadas e os "probos administradores" demonstram uma clara evolução patrimonial no exercício da função pública.

* Muitos "mamam nas tetas municipais", mas ficam indignados com as maracutaias a quilômetros de distância. Se recusam a sentir o "mau cheiro" da corrupção no seu "quintal" ou no seu município. Depois ainda querem fazer análises generalizantes e colocar todos os agentes políticos numa mesma vala comum. Querem medir todos com a mesma "régua comum" que usam para justificar a passividade e a cumplicidade com que tratam seus "eleitos".

* Existe uma "maioria passiva" que não consegue perceber que a cidade não é "construída" para ela e por isso não luta por mudanças. Existe uma pergunta que não vem sendo respondida pela população: Para quem é a cidade e suas políticas públicas ?
Quem se habilita a responder ?


* Outro aspecto da "indignação seletiva" é o que acontece com aqueles que vivem clamando por justiça e dureza na punição de bandidos comuns, pobres pretos e favelados, pelas redes sociais. Isso criou um senso comum reducionista que olha a questão de forma preconceituosa, embora grande parte não reconheça ou não perceba este comportamento.

* As pessoas demonstram grande indignação por questões que envolvem estes criminosos pobres, mas se omitem diante da corrupção de grande parte dos políticos, os famosos criminosos de colarinho branco. Crucificar os ladrões de galinhas pobres e negros é mais fácil. Não precisa fazer nenhuma análise do quadro social do país. Muitos dos que criticam a violência dos ladrões comuns apoiam políticos corruptos locais e nacionais, sendo que alguns ainda se beneficiam das "migalhas que caem de suas mesas fartas".

* Encarcerar para sempre ou matar para retirar estes marginais da sociedade é a regra. Sem dó e nem piedade. Quem não concorda é taxado de "defensor de bandido". A maioria destes bandidos estão presos por delitos menores, embora tenha uma parcela de assassinos cruéis com pequenas possibilidades de recuperação. Estes, de fato, precisam da dureza da Lei.

* Não se nota nas posições destas pessoas a mesma dureza no trato dos crimes de corrupção e desvios de dinheiro público dos "ladrões de pedigree", que matam milhões por ano por falta de saúde, saneamento, moradia digna, além de outras políticas públicas negligenciadas.

* A nossa frágil democracia precisa é de alargamentos de direitos e não de posições vingativas da sociedade que se materializam cada vez mais na repressão exercida pelo Estado.


* Há muito pouco o que comemorar em mais um Dia do Professor. Apesar do esforço diários dos mestres, o Estado em todas as esferas, faz de tudo para dificultar o trabalho, não oferendo boas condições estruturais nas escolas e não oferendo uma remuneração digna ao trabalho de ensinar, transmitir conhecimentos e formar cidadãos.

* Aqui em Cabo Frio, no dia do Professor, vários estão ainda sem receber o salário de setembro. Várias escolas não receberam o repasse de recursos para a merenda. Um completo absurdo que crise nenhuma pode justificar. É incompetência, descaso e falta de compromisso com a Educação.

* Chega também a notícia de que o MP recomendou a transferência do Colégio Municipal Rui Barbosa, de ensino médio, ao Estado. Se o prefeito Alair Correa aceitar, assina o seu atestado final de desprezo com a educação, uma vez que já rejeitou, e pode fazer isso, inúmeras recomendações deste tipo quando era do seu interesse pessoal. A educação para um bom governante tem que ser encarada como a principal prioridade de interesse público. O custo do Rui Barbosa para o orçamento municipal da educação é pequeno em relação aos frutos que deu e dá a toda a sociedade cabofriense.

* Se você acha que a educação é cara verifique antes o preço da ignorância !!


* A análise sobre minha candidatura feita pelo blog Cartão Vermelho reflete a visão política do dono do blog. É fruto de sua visão pragmática que procura medir as candidaturas com a régua da política conservadora, que infelizmente "turbinadas" pelo poder econômico das empresas, do caixa 2 e de acordos espúrios, conseguem vencer eleições. Por isso ele vê minhas candidaturas como “hobby”, porque elas não seguem os padrões dos “podres poderes” da velha política.

* É difícil para o blogueiro entender candidaturas que confrontam o "status quo", onde a militância tem caráter ideológico, não se constituindo em nenhuma obsessão ocupar cargo público. O mandato tem que ter natureza independente, subordinado apenas aos interesses populares e coletivos. Ele também não compreende que a candidatura, muitas vezes se presta a construção partidária e a votação neste caso tem importância relativa. Se para ganhar eleições eu tiver que me submeter ao "jogo baixo" das “camarilhas políticas” e aceitar as velhas práticas, de nada adianta qualquer mandato, pois ele tem que estar a serviço de um processo de transformação, coisa que ele, seus apoiadores e seus preferidos não querem nem ouvir falar.

* A baixa votação não tem necessariamente nenhuma relação com o preparo do candidato. A vitória eleitoral numa democracia de massa como a brasileira, acrítica e despolitizada, na maioria das vezes fica refém do poder econômico. Está diretamente relacionada à capacidade de arrecadar do candidato, fazer uma campanha rica e massificada, que transforma o candidato num "produto de marketing eleitoral". Transforma o velho em novo, o ladrão em honesto e o incompetente em bom gestor. Depois do candidato eleito é que a população percebe o engodo e a mentira. A Cabo Frio dos dias atuais é uma prova inconteste deste fato. Fanfarrão é o político que promete e depois nada cumpre.

* Isso determina o Congresso Nacional que temos, a ALERJ que temos, a atual Câmara de Vereadores que temos e os dois últimos “probos administradores”, que tiverem ao longo dos últimos 20 anos, quase 9 bilhões de reais à disposição e produziram muito pouco em várias áreas de políticas públicas essenciais em nossa cidade. O mesmo, entretanto, não aconteceu com os seus respectivos patrimônios pessoais que cresceram a "olhos vistos" e sem esconder de ninguém. A extensa lista de processos das mais variadas naturezas e origens é outra prova cabal deste velho e corrompido esquema.

* Os 5.300 votos que tive na última eleição em 2012, os quais agradeço de coração, foram frutos de um processo de mudança e renovação que já começa e incomodar grandes caciques e seus subalternos, como o tal blogueiro governista. Não foram frutos de nenhum panfleto apócrifo, que todos sabem que não tive nenhuma responsabilidade.

* De positivo, vale ressaltar que a análise se prendeu a aspectos políticos na visão do analista, sem nenhuma conotação de ataque pessoal, até pelo contrário, já que o artigo reconhece nossa conduta correta, nossa vida reta, embora segundo ele, não seja suficiente para vencer eleições.

* Neste ponto, quem tem que responder é a população numa próxima oportunidade, tendo em vista que, não mudaremos esta situação caótica se a nossa conduta for de continuidade ao "jogo viciado” da velha e sórdida política que impera na cidade. Não vai mudar se continuarmos a eleger notórios ladrões do dinheiro público. Eles apostam nesta permanência e também na passividade de parte do eleitorado para que nada mude.
Mesmo assim, independente de condições estruturais favoráveis ou não, para alegria de uns e desagrado de outros, vamos continuar lutando por um processo de mudanças e por uma ruptura deste modelo corrompido de gestão do dinheiro do povo.

Talvez sejamos mais felizes em 2016 !!


*POVO SEM MEDO.
Este é o nome de uma nova frente popular lançada esta semana, reunindo diversas instituições da sociedade civil, partidos políticos e movimentos sociais organizados. O PSOL apoia e estimula a integração de todos os lutadores e lutadoras para a criação da Frente Sem Medo. A luta popular é um dos caminhos para as mudanças profundas que o país precisa neste momento, seja, na política, na economia, na cultura, na ecologia e outros. Com o descrédito nas instituições ´políticas, a via de mobilização popular torna-se uma importante ferramenta para sairmos do atoleiro em que a casta dominante tenta nos afundar.
Mais fortes são os poderes do povo!!

* O mundo vive sob o signo de uma profunda crise do capitalismo. Medidas de austeridade econômica dominam a agenda política, multiplicando o desemprego, a miséria e a redução dos direitos sociais. Por outro lado, os banqueiros comemoram cada aniversário da crise, aumentando seus já exorbitantes lucros.

* A crise não é apenas econômica. É uma crise em várias dimensões: da representação política, do alargamento do abismo social entre ricos e pobres e da destruição do meio ambiente. Neste cenário, o Brasil está diante de uma encruzilhada, um momento em que as velhas soluções não funcionam mais. Este nosso sistema político é incapaz de resolver os grandes conflitos da sociedade e o povo não pode aceitar pagar passivamente a conta da crise.
Leia na íntegra o Manifesto de Lançamento da Frente Povo Sem Medo.
http://bit.ly/1N2a9nR

* O risco que corre o movimento: se deixar capturar pelas "forças governistas" e virar apenas uma ferramenta de "defesa contra o golpe" e não um coletivo de contestação a esta política econômica que arrocha os trabalhadores.


* Aviso aos navegantes !
Não precisam brigar por causa disso: Bancada do PSOL é eleita a melhor do Brasil !!

* Na edição do Prêmio Congresso em Foco deste ano, Chico Alencar(PSOL-RJ) recebeu o prêmio de melhor deputado federal na votação de jornalistas que participam da cobertura política em Brasília. Com o voto de 186 profissionais dos mais variados veículos, o PSOL se manteve no topo: Chico foi escolhido como Deputado mais bem avaliado, e Jean Wyllys(PSOL-RJ) ficou em segundo lugar.
Na escolha do público que participou votando pela internet, a dobradinha foi invertida. Chico recebeu 17.686 votos e Jean Wyllys 19.809.

* No total, a bancada do PSOL recebeu quase 60 mil votos de internautas de todo o Brasil. Ivan Valente (PSOL-SP) e Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) ficaram em quarto e quinto lugar, respectivamente.
Ao receber o troféu como o segundo melhor deputado na votação popular, Chico usou do bom humor ao fazer seu discurso. “Não sou torcedor do Vasco da Gama, mas fico honrado com esse vice-campeonato”, brincou o flamenguista antes de anunciar que estava muito feliz porque o primeiro lugar era de um companheiro do PSOL.

* Esta parte foi a que não gostei, pois Chico é flamenguista, nossa única divergência "política" !!

* Chico também ficou entre os três parlamentares mais votados nas categorias “Combate à Corrupção e ao Crime Organizado”, “Defesa da Cidadania e da Justiça Social” e “Profissionalização da Gestão Pública”.
Coroando a noite, Chico recebeu uma honraria especial: foi premiado por ser um dos únicos parlamentares a ser contemplado em todas as edições do Congresso em Foco. Desde 2006, quando o prêmio teve início, Chico, Luiza Erundina (PSB-SP) e os ex-senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Pedro Simon (PMDB-RS) foram os únicos apontados entre os melhores parlamentares todos os anos.


* Por falar no PSOL, o partido entregou na tarde desta terça-feira, 13/10, ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, representação contra o presidente da Câmara, o "pilantra federal" Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na qual pede a cassação do mandato do peemedebista por quebra de decoro parlamentar.

* Denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal) por suspeita de ter recebido US$ 5 milhões em propina do esquema investigado pela operação Lava Jato, Cunha teve seu nome ligado a contas secretas na Suíça.
O Ministério Público da Suíça informou à Procuradoria Geral da República(PGR) que Cunha foi investigado naquele país por suspeita de lavagem de dinheiro e corrupção e que os valores depositados nas contas foram bloqueados. A investigação suíça já foi enviada ao Brasil.

* O PSOL anexou à representação o ofício da Procuradoria Geral da República que confirma a existência de contas na Suíça atribuídas a Cunha e familiares. 46 deputados assinaram representação, sendo 32 do PT, cinco do PSOL, três do PSB, dois do Pros, um da Rede, um do PPS e um do PMDB (Jarbas Vasconcelos(PMDB-PE). O deputado Cabo Daciolo (sem partido-RJ), que saiu do PSOL, também assinou a representação.

* O presidente do Conselho de Ética, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), afirmou que deve enviar nesta quarta-feira a representação à Mesa Diretora da Câmara. Cabe à Mesa numerar o processo, ato que marca sua abertura e devolvê-lo para tramitação no Conselho. A mesa tem o prazo de três sessões do plenário para devolver o processo. Vamos ver agora os desdobramentos.

* Pelo regimento interno da Casa, o PSOL poderia acionar o conselho sem o apoio dos demais parlamentares. Mas o ato é visto como forma de ampliar o apoio político à investigação contra Cunha. No pedido, há elementos suficientes para afastar o deputado da Presidência da Câmara. O Código de Ética da Câmara prevê a omissão relevante de bens como um dos motivos para a perda de mandato. Em março, Cunha afirmou à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras não possuir contas bancárias no exterior. Mentir a uma CPI também é motivo para quebra de decoro parlamentar, o que pode levar à cassação do mandato.

* Uma vez instaurado o processo no Conselho de Ética, o prazo para que o resultado das investigações seja levado à votação pelo plenário da Câmara é de até 90 dias úteis. Por isso, há a possibilidade de que, infelizmente, o caso só tenha um desfecho no próximo ano. Coisas do parlamento brasileiro !!

* A cassação do mandato precisa do voto de pelo menos 257 deputados, em votação nominal e aberta, ou seja, com a identificação de como votou cada parlamentar. Provavelmente, Cunha, mesmo com muita pressão política, não vai renunciar ao cargo de presidente da Câmara por causa das denúncias. O deputado também tem dito que só vai se pronunciar sobre as acusações quando seu advogado tiver acesso aos processos. Esta é a parte do "caô" para quem não tem como justificar o injustificável. Parafraseando Maluf, Cunha vai praticar o "ato da negação do seu ser" !!


* Estudo recente do banco CREDIT SUISSE aponta que a desigualdade econômica está aumentando, com metade da riqueza do planeta nas mãos de 1% da população. Segundo o estudo, a desigualdade aumentou continuamente desde 2008. Agora, a porção mais abastada é dona de 50% da riqueza mundial. Em 2014, o índice era de 48,2%. O capitalismo produz riquezas, mas a distribui de maneira absurdamente desigual.

* O estudo leva em conta dados da riqueza de 4,8 bilhões de pessoas, a população adulta de mais de 200 países, sem incluir crianças. É preciso R$ 2,9 milhões para estar no 1%.
Para entrar na metade mais rica da população mundial, uma pessoa deve ter US$ 3.210 (R$ 12,4 mil). Com US$ 68,8 mil (R$ 266,2 mil), chega-se aos 10% mais endinheirados. Para estar no 1%, é preciso ter mais de US$ 759,9 mil (R$ 2,9 milhões).

* A riqueza é o conjunto de posses, incluindo dinheiro, imóveis e ações. Cerca de 3,4 bilhões de pessoas, pouco mais de 70% da população adulta mundial, têm menos do que US$ 10 mil (R$ 38,7 mil). Um quinto da população, cerca de 1 bilhão de pessoas, tem entre US$ 10 mil e US$ 100 mil (R$ 387 mil). O restante, 383 milhões de adultos, ou 8% da população, têm mais de US$ 100 mil.

* O estudo também apontou que o total da riqueza global caiu para US$ 250 trilhões, depois de atingir US$ 263 trilhões em 2014.
Além disso, pela primeira vez, a classe média chinesa é maior do que a americana. São 109 milhões de chineses nessa situação, contra 92 milhões de americanos.

* Para você que é "capitalista sem capital" fica a reflexão !!


SESSÃO DESABAFO

* Será sempre um post de desabafo sobre qualquer assunto publicado pelos internautas através das redes sociais. Nesta oportunidade, um comentário postado na página do face do advogado Lucas Mourão:

"O MP ELEITORAL TOMOU UM SUSTO COM A DEMOCRACIA!
Em 2014 eu participei, com muito orgulho, das campanhas dos queridos Jean Wyllys e Tarcísio Motta.
Fiz campanha de maneira voluntária, com o tempo que tinha, sempre com um punhado de panfletos e adesivos na bolsa e no peito e, obviamente, sem receber nenhum real.
Muito pelo contrário, sabedor no "modus operandi" do PSOL de fazer campanha - sem receber dinheiro de empresas - fiz questão de contribuir financeiramente com essas duas campanhas. Doei 40 reais para a campanha do Jean e 20 reais para a campanha do Tarcísio. Era o que eu podia dispor naquele momento.
Essas campanhas foram financiadas apenas por módicas doações de milhares idealistas como eu.
Proporcionalmente, foram duas das campanhas mais baratas do país e ambas saíram inquestionavelmente vitoriosas. Eduardo Cunha, por exemplo, ~arrecadou~ cerca de 7 milhões de reais (!!!) com financiamentos de bancos - inclusive do banco suíço do qual ele hoje é acusado de ser cliente -, empreiteiras e toda sorte de grandes empresas.
Agora é que vem a parte bizarra da história: o Ministério Público Eleitoral está me processando (e a muitos outros!) por ter doado esses benditos 60 reais! Isso porque a lei eleitoral só permite doações de pessoas físicas até o limite de 10% dos rendimentos no ano anterior à doação...
Fazendo as contas, o MP chegou à genial conclusão de que eu, no ano anterior à doação (2013), tive rendimento bruto menor a 50 reais por mês! hahaha
Os caras, grandes pensadores juristas brasileiros, chegaram a essa conclusão porque, ao quebrarem meu sigilo fiscal (!) perceberam que eu era isento do Imposto de Renda, logo, concluíram que eu não havia tido rendimento NENHUM em 2013 e, portanto, não poderia doar nada pra nenhuma campanha eleitoral...
Evidente que elaborei a minha defesa, fui obrigado, pelos fatos, a anexar meu extrato bancário de todo o ano de 2013 para provar que eu havia tido renda maior do que 50 reais por mês, expliquei para o ilustre "parquet" que um sujeito isento do IR pode doar até 10% do limite da isenção, e fiquei absolutamente seguro de que o Ministério Público Eleitoral entenderia a patacoada que estava fazendo e pediria o arquivamento do processo imediatamente.
Maaas, tan tan tan taaaaan, o ilustre Ministério Público pediu a minha condenação! HAHAHAHA Por doações legais que somam 60 pratas, HAHAHAHHAHA! O que há na cabeça desses caras?"



UMA PITADA DE MARX".

* Continuidade também do espaço destinado a aqueles que acreditam no socialismo. Sempre buscando uma forma resumida de explicar sua teoria, lembrando sempre aos "apressados" que devem considerar o "homem no seu tempo" !

Karl Marx nasceu em 5 de Maio de 1818 em Trier, (Prússia renana). O pai, advogado israelita, converteu-se em 1824 ao protestantismo. A família, abastada e culta, não era revolucionária. Depois de ter terminado os seus estudos no liceu de Trier, Marx entrou na Universidade de Bonn e depois na de Berlim, ali estudou direito, e sobretudo, história e filosofia. Marx desenvolveu numa série de trabalhos históricos a sua teoria materialista, dedicando-se sobretudo, ao estudo da economia política. Revolucionou esta ciência nas suas obras Contribuição para a Crítica da Economia Política (1859) e O Capital (1867). Em 14 de Março de 1883, Marx adormecia pacificamente na sua poltrona para o último sono.

RAPIDINHAS DE MARX

"Os donos do capital incentivarão a classe trabalhadora a adquirir, cada vez mais, bens caros, casas e tecnologia, impulsionando-a cada vez mais ao caro endividamento, até que sua dívida se torne insuportável."
Karl Marx, no século XIX, rs !!


HUMOR DA HORA

* Sempre uma "tirada" bem humorada e inteligente satirizando o cotidiano, a política e a sociedade.
Na continuidade, uma piadinha dos novos tempos:

"Nossa vizinhança sofre de assaltos regularmente.
E eu estava cheio disso.
Então desativei meu sistema de alarme, deixei de pagar o guarda noturno e dispensei a vigilância do bairro.
No jardim de casa plantei 3 bandeiras: Uma bandeira de Afeganistão, outro do Paquistão e no meio a bandeira negra do Estado Islâmico!
A gente agora é vigiada pela Polícia local,Federal, pela Segurança Pública, Interpol, etc. 24 horas por dia, 7 dias por semana x 365 por ano!
Meus filhos são seguidos quando vão para a escola, minha esposa quando sai de casa, e me seguem quando vou e volto do trabalho.
Ninguém mexe com a gente.
Nunca me senti tão seguro."


* Mais tarde um novo e polêmico artigo sobre a política municipal !!

7 comentários :

  1. leitão, é uma bobagem responder a este blog governista.não tem credibilidade e isenção. candidato bom será sempre o dele, mesmo que a cidade esteja entregue. Perda de tempo para você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi resposta direta a ele, na verdade, foi um esclarecimento geral.

      Excluir
  2. TEM QUE PUNIR A TODOS. CRIME É CRIME, NÃO TEM PEQUENO OU GRANDE.TEM QUE SER PRESOS E CONDENADOS. A IMPUNIDADE É O GRANDE MAL DESSE PAÍS.

    ResponderExcluir
  3. Moro no Jardim Peró e vou colocar estas bandeiras lá no meu quintal. O risco é a polícia ou o tráfico quebrar todo mundo lá em casa no tiro.
    Vc vai se o culpado pela ideia. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, não faz isso não. É só uma piadinha, rs !!

      Excluir
  4. A se todo o problema da corrupção no Brasil fosse o Eduardo Cunha..............

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato não é, mas o processo de depuração tem que passar pelos principais malandros e ele é sem dúvida um dos maiores.

      Excluir